O que fiz enquanto estive afastada do blog/O que me marcou em 2017


Mais um post clichê agora que o ano está quase acabando. Mais uma vez deixei esse blog abandonado e estou me justificando. A vida é feita de ciclos e eu pareço estar presa nesse. Porém, mais uma vez eu estou escolhendo não desistir desse blog, apesar de não ter postado há tempos, apesar do formato escrito estar já meio decadente e em desuso para o tipo de conteúdo que eu faço. Mais uma vez estou aqui persistindo nesse blog que quase foi excluído tantas vezes. E sabe? Estou feliz por esse blog ainda estar no ar e espero que eu saiba conduzí-lo e que ele se torne uma plataforma para muitas coisas boas.

Mas quero manter esse retorno sincero e sem promessas. Uma coisa que eu finalmente aprendi é que eu não sou o tipo de pessoa que pode fazer promessas, apenas porque depois elas se tornam um peso pra mim. E eu acabo desistindo fácil daquilo que eu não tenho prazer em fazer.
Só digo que vou continuar aqui e agradeço a quem continua acessando.


Trabalhei muito
Não é discurso de gente mole, eu trabalhei MUITO em 2017. Tanto no meu dayjob quanto nos freelas de make. Inclusive, foi esse ano também que pude construir e montar meu estúdio de maquiagem. Na verdade ainda não está completamente pronto, mas já venho atendendo no meu espaço há um tempo e felizmente a clientela está aumentando. 

Comecei a ser fitness, aí desanimei
Mil vezes. É muito difícil tentar mudar nosso estilo de vida de uma vez, sozinha e sem apoio. Acho que vou precisar de acompanhamento profissional pra manter o foco. Já faz um tempo que cansei de ser gorda. Nem tanto por estar insatisfeita com meu corpo, mas por que cansei do modo como sou tratada em certos ambientes. Isso é uma merda, sim, mas acho que preciso fazer algo a respeito disso. Outra coisa que vem me preocupando é perceber que meu ânimo e metabolismo estão mudando, já estou com 20 e poucos anos e não posso continuar me alimentando mal e tão sedentária. A notícia boa é que estou voltando pra casa a pé quase todo dia e isso já vem fazendo alguma diferença na minha disposição.

Pensei em deixar o cabelo crescer, mas desisti
Duas mil vezes. Por quê é tão difícil não cortar mais o cabelo? Cabelo curto vicia, só pode.

Praticamente não usei maquiagem
Por isso não fiz mais posts de fotoriais. As poucas vezes que usei maquiagem foi pra ficar mais apresentável atendendo clientes mais especiais, como noivas.

Fiz meu TCC
Depois de iniciar 2 projetos e desistir no meio do caminho, finalmente comecei outro que me interessava mais e, não só terminei, como apresentei e tirei 9.5. Dia 20/10/2017 foi minha formatura, mas por um motivo muito triste (erro administrativo da gerência de ensino e coordenação de curso) eu só vou poder receber a outorga de grau em 2018 e sem previsão de data. Mas pelo menos essas etapas mais difíceis e cansativas já passaram. Finalmente estou vivendo o sonho de chegar em casa do trabalho, tomar banho ficar de boa, sem ter que emendar faculdade direto. Vou aproveitar bem essa fase, pois logo vou retomar minha vida de concurseira de novo.
Depois da apresentação do TCC. Nossa orientadora participou via web conferência :D
Quis entrar num curso de costura, mas desisti
Devido ainda estar fazendo o TCC, acabei deixando passar uma chance excelente de fazer um curso básico de corte e costura no Senai da minha cidade e olha que estava super barato. Mas acredito que em 2018 vão abrir turma desse curso de novo e vou fazer de tudo pra conseguir uma vaga.

Fui no show do Guns and Roses
No estádio Mané Garrincha em Brasília. Minha primeira viagem de avião, meu primeiro grande show. E foi absolutamente inesquecível.



Quase morri
De verdade. Um belo dia de março (não lembro qual dia) acordei pra ir trabalhar, fui tomar banho e tive uma crise de asma. Mas dessa vez era diferente, a crise não passava de jeito nenhum. Só tive forças pra colocar uma roupinha qualquer, correr pra dentro do carro e gritar pro meu namorado me levar pro hospital. Mal coloquei os pés dentro da emergência (que fui levada praticamente carregada), tive uma parada cardiorrespiratória. Só senti uma vontade incontrolável de fechar os olhos e ficar quieta e muito frio. Acordei com uma picada debaixo do braço, depois soube que aquilo foi uma injeção de adrenalina. Em seguida, o médico falando com outra pessoa pra deixar o desfibrilador perto pois eu poderia vir a precisar. Eu só soube o que havia acontecido comigo pois fiquei ouvindo a conversa do médico com alguns residentes, que eu tive uma parada cardiorrespiratória e por que "roubei" minha ficha médica depois. É bizarro como tem médico que não fala nada pra gente.
A semana que antecedeu esse fatídico dia foi semana de mudança de prédio do meu trabalho, e como vocês sabem trabalho com TI e nessa profissão a gente sempre trabalha pra caralho, mas quando temos que montar uma rede imensa o trabalho é gigantesco. Fiquei doente, eu já imaginava que estava com pneumonia, mas ignorei os sinais pois não era o momento pra tirar licença por motivo de doença. Deu no que deu.

Formatura do meu irmão
Meu irmão finalmente se formou e voltou a morar na mesma cidade que eu. Foi muito bom participar com ele do encerramento desse ciclo e melhor ainda voltar a conviver com ele todos os dias.


Fui ao Rio de Janeiro
Eu nem tinha noção do quanto estava precisando dessas férias. Passei 10 dias no Rio de Janeiro e foi maravilhoso, apesar de termos sidos furtados no Rock in Rio e isso ter estragado quase por completo minhas férias. Mas os passeios foram muito legais.

E o post era isso.
Obrigada a quem ainda volta nesse blog e até mais.

Fazer a sobrancelha com cera causa flacidez?

Fonte da imagem: http://studiorksalon.com/nails-hairstyles/wp-content/uploads/2015/10/eyebrow_waxing_sq.jpg
Eu ainda não contei aqui no blog mas sim, eu estou me tornando uma designer de sobrancelhas (além de maquiadora, que já exerço há algum tempo).
Das 3 técnicas que temos hoje para fazer a depilação das sobrancelhas que são pinça, linha e cera, a terceira foi a que mais despertou meu interesse.

Em primeiro lugar pela rapidez e praticidade, a cera possibilita tirar vários pelos de uma vez e a cliente não fica 20 minutos ali sofrendo na pinça. Isso é uma grande vantagem para pessoas que têm muita lanugem (aqueles pelinhos finos acima das sobrancelhas). Além da dor e da demora, a pinça também pode causar pequenos cortes na pele, devido ao atrito do metal.
Em segundo lugar, pela eficácia. A cera tira até os pelinhos mais finos desde a raiz, não corre o risco de quebrar o pelo. Logo o design dura muito mais, pois vai demorar crescer de novo.
Em terceiro lugar, pelo controle. Com a cera é possível ter mais controle sobre o que você está fazendo do que com a linha. Na depilação a linha, por melhor que o profissional seja, se ele escorregar a mão corre o risco de tirar toda uma fileira de pelos que não deveria. Além disso, a linha pode causar assaduras e até cortes na pele. Se o profissional não tiver a mão firme, a linha pode cortar como uma navalha.
Em quarto lugar, pela higiene. Na depilação com cera tudo é descartável. Isto é, se você for a um profissional que respeita suas clientes. Enquanto que na maioria dos salões é muito raro encontrar alguém que esteriliza ou pelo menos passa álcool 70 nas pinças.
E por último pelo fator dor. Aplicando a técnica correta, a cera dói muito menos. Eu já tenho feito minhas sobrancelhas em muitas profissionais e garanto que a pinça e a linha são os métodos mais doloridos.

Mas com tantos fatores positivos, conversando com as pessoas sobre o assunto me deparei com o seguinte argumento: a cera causa flacidez das pálpebras, devido aos puxões.

Mas se a cera causa tração na pele, os outros métodos de fazer a sobrancelha também precisam de tração, inclusive muito mais tração.
Para fazer o design na pinça é preciso esticar as pálpebras para facilitar a retirada de cada pelo. E olha que a profissional precisa segurar a pele por um bom tempo até terminar.
E na linha, precisa esticar muito mais a pele. Inclusive precisa da ajuda da cliente para puxar a pálpebra para baixo.

Então, se todos os métodos precisam de tração, melhor optar pelo método que estica menos a pele, no caso a cera.
http://www.allteenstalk.com/wp-content/uploads/2015/01/eyebrows-waxing.jpg
Fui logo pesquisar sobre o assunto e confesso que foi difícil encontrar fontes confiáveis. A maioria são blogs (como o meu). Mas eu não quero dar só a minha palavra como garantia e sim relatos de especialistas. Eis o que encontrei, as fontes originais estão no link.

"A flacidez é causada pelo enfraquecimento das fibras de colágeno e o uso da cera não tem reflexo tão aprofundado na pele. O processo de envelhecimento e consequente flacidez tem outras causas, como exposição excessiva ao sol, consumo de álcool e cigarro, radicais livres e um alimentação inadequada." (Michele Keith de Oliveira Silva, depiladora da Depyl Action. Fonte.)

"A real causa da flacidez é o enfraquecimento das fibras de colágeno e elastina. A depilação não interfere nesse processo. Nem o calor e nem a ação de retirar a cera da pele alteram esses fatores, pois são estímulos superficiais." (Silvana Kaufmann, Dermatologista - Fonte.)

"Ideia bastante comum entre as mulheres, depilar a sobrancelha ou o buço com cera quente não deixa a pele flácida. Os famosos puxões da técnica agem superficialmente sobre a pele. Além disso, vale a pena salientar que a implacável flacidez facial é causada, normalmente, pelo enfraquecimento das fibras de colágeno e elastina que não são atingidas durante a depilação."  (Fernanda Tassara, Dermatologista - Fonte.)
Também encontrei esse vídeo no canal da Ana Design conversando com um dermatologista sobre esse assunto.


Esse post teve o intuito de desmitificar esse assunto, lembrando que independente do método escolhido, a escolha do profissional também faz toda diferença.
Espero que tenham gostado, abraços e até a próxima.

Programa Corre e Costura no SBT


Oi gente!
Nossa, era pra eu ter feito esse post há tempos mas sempre esquecia, mas como o programa ainda não tá TÃO conhecido, acho que ainda vale a pena.
O programa já passava na Fox Life, mas o SBT começou a exibir em setembro o "Corre e Costura", estrelado pelo famosíssimo Alexandre Herchcovitch.

O programa tem um formato original, não é uma "franquia" gringa. Foi escrito e pensado pelo próprio Alexandre e é super gostoso de assistir.

Ele sempre deixa claro que esse programa não é de moda. Segundo ele, o programa é sobre realizar o sonho das pessoas de terem uma roupa criada e feita por ele, para um evento especial.

"Nesse programa eu pude entender o quanto a roupa é importante para as pessoas. Aquele conversa que eu ouço muito "ah, eu não ligo pra roupa, eu boto qualquer coisa quando acordo" eu não acredito muito. As pessoas pensam sim na roupa. Elas querem estar bem, querem mostrar alguma coisa." (Alexandre Herchcovitch em entrevista).

"Esse é um reality que nunca tivemos antes. Um estilista renomado, despido de qualquer tipo de conforto e colocado à prova para mostrar que moda, roupas e estilo não é apenas o que vemos nas passarelas. Ter o Alexandre Herchcovitch passando por desafios como os que o colocamos é, não só uma honra, mas também uma grande chance de apresentar uma nova visão sobre o tema." (Zico Goes, diretor de conteúdo da Fox no Brasil em coletiva).

"É inusitado ver um designer da alta sociedade fazendo coisas do povo. O programa mostra que um estilista badalado, como Alexandre Herchovitch, pode muito bem trafegar em todas as classes e está inaugurando uma nova faixa de programação nacional." (Fernando Pelegio, diretor de planejamento artístico e criação do SBT em coletiva).

No programa, o Alexandre precisa criar uma roupa para uma pessoa que ele não conhece em apenas 16h (trabalhando 8h por 2 dias).
Ele também sempre deixa claro que em cada roupa que faz, ele precisa colocar o seu toque, sua assinatura pessoal. Ele só faz uma roupa se ele puder expressar o que ele acredita. Senão, como ele mesmo diz, não seria um estilista, mas um alfaiate que faz só o que o povo manda.

Eu estou AMANDO assistir esse programa, meu interesse por costura só tem aumentado a cada dia e pra mim é uma delícia ver como ele trabalha para criar as roupas.


Se você assiste TV, o programa passa no SBT aos sábados às 19h15min. Mas se como eu você só tem Internet em casa, ou quer assistir aos episódios que já foram exibidos, dá para ver pelo Youtube.
Criei uma playlist com todos os episódios completos e estou atualizando sempre que sai um novo. Acesse o link para assistir:

Google+ Followers