Saga capilar, do vermelho ao cinza

19.9.15

Finalmente vim postar a segunda parte da minha saga capilar.
Quando decidi que iria deixar de ser ruiva, foi um espanto para algumas pessoas. "Pq vc fez isso, seu cabelo já tava tão legal!". Mas confesso que eu já estava cansada de me olhar no espelho e me ver ruiva. Mudei o corte do cabelo 3 vezes desde dezembro de 2014, mas não me dei por satisfeita. Para a mudança ser completa eu precisava trocar a cor.

Adendo: Eu continuo gostando de cabelo vermelho, para mim essa cor continua sendo a mais linda de todas. Eu só queria mudar! Fiquei quase 3 anos ruiva e não consigo ficar muito tempo igual.

Pesquisei muitas cores de cabelo, cogitei ir para o ruivo acobreado, mas desisti. Pensei em migrar para o castanho claro, para o loiro, mas não me senti segura com nenhuma das cores. Já fui loira e não me achei bonita, já fui castanha e me sentia muito careta.
Até que decidi que queria ter o cabelo cinza.
Foi então que começou minha dor de cabeça. Chegar no tom de ruivo perfeito é difícil, manter o ruivo desejado é mais difícil ainda, mas tirar o bendito ruivo é barra menina, é barra. Ainda mais quando se pretende fazer em casa, como eu fiz.

VEJA TAMBÉM:

Quando resolvi parar de tingir de vermelho, meu cabelo já estava nesse ponto:
Raiz mega crescida, o vermelho bem desbotado no comprimento. Dá pra ver pelas pontas que a parte de trás estava bem mais escura que o topo da cabeça. Isso minhas amigas, é o efeito das luzes feitas com a touca.

Daí em diante o que eu fiz foi lavar o cabelo sempre com sabão de coco, alternando com um xampu anti-resíduos, para desbotar ao máximo. Também fiz 2 toucas de xampu, ou xampuzada. É uma técnica caseira que consiste em passar bastante xampu no cabelo, colocar um plástico e usar touca térmica (pode fazer sem touca térmica também). Ajuda a desbotar bastante, mas resseca muito o cabelo. Use um bom creme de hidratação depois de fazer isso.
Infelizmente não tenho fotos de como ficou meu cabelo depois das 2 xampuzadas, mas ter feito isso ajudou bastante.

A próxima etapa do meu plano era descolorir. 
Usei 1 OX 30 + 1 OX 40 + 6 colheres de descolorante + 6 colheres de xampu anti-resíduos (sim, eu tenho muito cabelo, pra caralho). Essa mistura que usei é muito forte, não recomendo pra ninguém. Mas o fiz pois conheço meu cabelo, sei como ele é teimoso pra abrir o tom quando tá com tinta vermelha, porque eu já havia feito luzes antes, quando pensei em sair do vermelha a primeira vez.
Evitamos ao máximo passar na raiz, pois eu sabia que o comprimento iria precisar de um tempo de pausa maior, e se passássemos em tudo de uma vez era perigoso o cabelo quebrar bem na raiz. O tempo de pausa nessa etapa foi de 2h.
Logo na primeira descoloração ele ficou assim:
Ainda no mesmo dia, descolori sozinha a raiz, com tempo de pausa de 30min.
Na foto dá para ver que bem na frente ficou mais escuro. Essa parte sempre dá mais trabalho para clarear, não sei explicar o motivo. Ainda no mesmo dia eu descolori de novo só na frente.

Meu cabelo ficou bem loiro em algumas partes e amarelo ovo em outras. O que eu fiz em seguida foi encher o tanque da área de serviço pela metade, colocar 1 colher de Violeta Genciana e mergulhar a cabeça.
Infelizmente não tenho foto do resultado depois de fazer isso, mas neutralizou MUITO o amarelão.

Cabelo todo descolorido e matizado, agora era hora de fazer algo para melhorar o aspecto dele, já que estava completamente ressecado, poroso, difícil de pentear, tudo de ruim.

Passei bastante vinagre no cabelo, depois fiz uma hidratação com uns sachês de Niely Gold e umas ampolas da Pantene que eu nem lembrava mais que tinha aqui em casa. Isso ajudou a dar mais emoliência ao cabelo e ele parecia não estão tão poroso agora.

Fui para a parte de colorir o cabelo. Usei a Amend 0.1 com 1 OX 30 Vol. + 1 OX 20 Vol. + 4 colheres creme de hidratação.
 
O Resultado da tintura foi esse abaixo. Nas fotos, estava praticamente preto, mas pessoalmente estava um cinza chumbo.
Depois da segunda lavagem ele ficou como na foto abaixo:
E depois da terceira lavagem ficou como abaixo. Já estava bem cinza mesmo, não tinha como confundir com preto ou castanho escuro.
Nas fotos à luz do dia ele ganhava alguns reflexos castanhos e ficava como na foto abaixo.
E já não estava mais ruiva! Fiquei muito satisfeita com a cor, apesar de não ter ficado um cinza tipo o que a gente vê na Internet. Mas combinou comigo.

Poréééém... Eu ainda queria mudar mais!
E radicalizei total no corte... No próximo post eu conto, pois esse aqui já está muito longo. Quem me segue no Instagram já sabe o que eu fiz >_<.

Espero que tenha gostado do post e que ajude de alguma forma quem estiver querendo sair do vermelho.
Se tiver alguma dúvida ou quiser agregar algo ao conteúdo do post, deixe aí nos comentários que eu respondo todo mundo.

Abraços e até a próxima!

PODERÁ GOSTAR TAMBÉM

0 respostas

Google+ Followers