Fazer a sobrancelha com cera causa flacidez?

6.4.17

Fonte da imagem: http://studiorksalon.com/nails-hairstyles/wp-content/uploads/2015/10/eyebrow_waxing_sq.jpg
Eu ainda não contei aqui no blog mas sim, eu estou me tornando uma designer de sobrancelhas (além de maquiadora, que já exerço há algum tempo).
Das 3 técnicas que temos hoje para fazer a depilação das sobrancelhas que são pinça, linha e cera, a terceira foi a que mais despertou meu interesse.

Em primeiro lugar pela rapidez e praticidade, a cera possibilita tirar vários pelos de uma vez e a cliente não fica 20 minutos ali sofrendo na pinça. Isso é uma grande vantagem para pessoas que têm muita lanugem (aqueles pelinhos finos acima das sobrancelhas). Além da dor e da demora, a pinça também pode causar pequenos cortes na pele, devido ao atrito do metal.
Em segundo lugar, pela eficácia. A cera tira até os pelinhos mais finos desde a raiz, não corre o risco de quebrar o pelo. Logo o design dura muito mais, pois vai demorar crescer de novo.
Em terceiro lugar, pelo controle. Com a cera é possível ter mais controle sobre o que você está fazendo do que com a linha. Na depilação a linha, por melhor que o profissional seja, se ele escorregar a mão corre o risco de tirar toda uma fileira de pelos que não deveria. Além disso, a linha pode causar assaduras e até cortes na pele. Se o profissional não tiver a mão firme, a linha pode cortar como uma navalha.
Em quarto lugar, pela higiene. Na depilação com cera tudo é descartável. Isto é, se você for a um profissional que respeita suas clientes. Enquanto que na maioria dos salões é muito raro encontrar alguém que esteriliza ou pelo menos passa álcool 70 nas pinças.
E por último pelo fator dor. Aplicando a técnica correta, a cera dói muito menos. Eu já tenho feito minhas sobrancelhas em muitas profissionais e garanto que a pinça e a linha são os métodos mais doloridos.

Mas com tantos fatores positivos, conversando com as pessoas sobre o assunto me deparei com o seguinte argumento: a cera causa flacidez das pálpebras, devido aos puxões.

Mas se a cera causa tração na pele, os outros métodos de fazer a sobrancelha também precisam de tração, inclusive muito mais tração.
Para fazer o design na pinça é preciso esticar as pálpebras para facilitar a retirada de cada pelo. E olha que a profissional precisa segurar a pele por um bom tempo até terminar.
E na linha, precisa esticar muito mais a pele. Inclusive precisa da ajuda da cliente para puxar a pálpebra para baixo.

Então, se todos os métodos precisam de tração, melhor optar pelo método que estica menos a pele, no caso a cera.
http://www.allteenstalk.com/wp-content/uploads/2015/01/eyebrows-waxing.jpg
Fui logo pesquisar sobre o assunto e confesso que foi difícil encontrar fontes confiáveis. A maioria são blogs (como o meu). Mas eu não quero dar só a minha palavra como garantia e sim relatos de especialistas. Eis o que encontrei, as fontes originais estão no link.

"A flacidez é causada pelo enfraquecimento das fibras de colágeno e o uso da cera não tem reflexo tão aprofundado na pele. O processo de envelhecimento e consequente flacidez tem outras causas, como exposição excessiva ao sol, consumo de álcool e cigarro, radicais livres e um alimentação inadequada." (Michele Keith de Oliveira Silva, depiladora da Depyl Action. Fonte.)

"A real causa da flacidez é o enfraquecimento das fibras de colágeno e elastina. A depilação não interfere nesse processo. Nem o calor e nem a ação de retirar a cera da pele alteram esses fatores, pois são estímulos superficiais." (Silvana Kaufmann, Dermatologista - Fonte.)

"Ideia bastante comum entre as mulheres, depilar a sobrancelha ou o buço com cera quente não deixa a pele flácida. Os famosos puxões da técnica agem superficialmente sobre a pele. Além disso, vale a pena salientar que a implacável flacidez facial é causada, normalmente, pelo enfraquecimento das fibras de colágeno e elastina que não são atingidas durante a depilação."  (Fernanda Tassara, Dermatologista - Fonte.)
Também encontrei esse vídeo no canal da Ana Design conversando com um dermatologista sobre esse assunto.


Esse post teve o intuito de desmitificar esse assunto, lembrando que independente do método escolhido, a escolha do profissional também faz toda diferença.
Espero que tenham gostado, abraços e até a próxima.

PODERÁ GOSTAR TAMBÉM

0 respostas

Google+ Followers